segunda-feira , 21 outubro 2019
Capa » Notícias » Produtores de Salvaterra recebem medalha de ouro em competição nacional

Produtores de Salvaterra recebem medalha de ouro em competição nacional

Laticínio artesanal já participou de várias competições a nível nacional e internacional.

Entre vários produtores de queijo artesanal da região de Salvaterra, localizada na Ilha do Marajó (PA), Cecília e Marcus Pinheiro se destacam.  O Queijo do Marajó Fazenda São Victor, que participou da 5a Edição do Queijo Brasil, considerada a maior competição nacional, emplacou com a categoria ouro, sendo classificado como um dos melhores queijos entre os mais de 700 que entraram na disputa.

A produção do queijo segue como tradição na família, há mais de 270 anos. O casal de produtores iniciaram as vivências das atividades desde jovens. As origens da cultura marajoara sempre falaram mais alto, e agora mostra total força do produto que é feito em propriedade rural, preservando as leis naturais do meio ambiente, e principalmente dos búfalos. Valores os quais se refletem nos destaques do produto e com vários títulos conquistados.

“Entendemos que mais essa vitória é resultado de muito empenho e esforço de um trabalho embasado no coletivo, e ainda, do valor que damos para as nossas riquezas naturais, pois sem elas, não seria possível produzirmos um produto de qualidade”, revela o produtor Marcus Pinheiro.

A iguaria bubalina cem por cento puro e artesanal e feita de leite cru, ainda este ano se manteve entre os melhores e emplacou na categoria “Prata”, no maior concurso de laticínios do mundo – 4a Edição do Mondial du Fromage et des Produits Laitiers, na França.

A marca também participou de outras competições, e sempre bem colocado. Na 4a Edição do Queijo Brasil, por exemplo, a queijaria foi contemplada com o “Super Ouro”. Ainda agregou premiações expressivas, como o primeiro lugar no XII Encontro Nacional de Criadores de Búfalos e II Marajó Búfalos, tendo o reconhecimento na maior premiação de queijos artesanais, “Medalha de Bronze”, na terceira edição do Prêmio Queijo do Brasil.

Gratidão define mais essa conquista. Essa vitória representa beneficiar um conjunto de fatores para a região, uma vez que enaltecemos merecidamente a nossa matéria prima – os búfalos, que é o símbolo em diversos aspectos na Ilha do Marajó, impulsionando inclusive, o agronegócios”, destaca Cecília Pinheiro.

O tradicional Queijo do Marajó artesanal é produzido na Queijaria Fazenda São Victor, e hoje, é conhecido em várias partes do país, e comercializado nas maiores redes de mercado de várias cidades.

Sobre Queijaria Fazenda São Victor

Desenvolvida em 2006 por meio do Projeto Desenvolvimento da Cadeia Produtiva do Queijo do Marajó, conquistou certificado de qualidade artesanal do produto. Detentora do selo 013 no segmento de produto artesanal no Pará, com a produção do Queijo Marajó Tipo Creme, conquistou premiações expressivas no gênero alimentício, entre elas o primeiro lugar no XII Encontro Nacional de Criadores de Búfalos e II Marajó Búfalos, tendo o reconhecimento na maior premiação de queijos artesanais, “Medalha de Bronze”, no III Prêmio Queijo do Brasil, e “Super Ouro” no IV Prêmio Queijo Brasil, em São Paulo. Emplacou também, com a categoria “Prata”, da 4a Edição do Mondial du Fromage et des Produits Laitiers, na França.

Informações de serviço:

Queijaria Fazenda São Victor

Endereço: Margem direita do Rio Paracaury – Salvaterra/Marajó – PA

Contato: (91) 99166-0284

Facebook:  /queijodomarajofazendasaovictor

Instagram: @queijodomarajofazendasaovictor

Sobre admin

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*