sexta-feira , 15 janeiro 2021
Capa » Mercado » Nestlé reporta as vendas do primeiro trimestre de 2020 e fornece atualizações sobre a COVID-19

Nestlé reporta as vendas do primeiro trimestre de 2020 e fornece atualizações sobre a COVID-19

Leia a seguir o comunicado da empresa.

!A crise da COVID-19 está causando um impacto extraordinário e abrangente em nossas vidas. Desde os primeiros estágios da pandemia, trabalhamos em estrita colaboração com as autoridades locais e parceiros de negócios para responder a este desafio. Temos três prioridades fundamentais: salvaguardar a saúde e o bem-estar de nossos colaboradores, garantir a continuidade de nossos negócios para atender às necessidades dos consumidores e apoiar as comunidades em todo o mundo com esforços de assistência local.

Nesta época tão difícil, muitos de nossos parceiros de negócios enfrentam sérios desafios, que criam uma enorme incerteza para seus funcionários e famílias. Continuaremos a ser um parceiro de negócios confiável e faremos todos os esforços possíveis para nos adaptarmos a esta situação em constante evolução.

Para nossos clientes de serviços fora do lar foodservice, que foram severamente afetados, estamos oferecendo assistência rápida e pragmática para enfrentar a crise e ajudá-los a reiniciar seus negócios. Por exemplo, sob a iniciativa “Always Open for You”, estamos prorrogando os prazos de pagamento, suspendendo as taxas de aluguel de máquinas de café e oferecendo produtos gratuitos. Prevê-se que o valor total desta iniciativa seja de aproximadamente 500 milhões de francos suíços.

Outro exemplo é a nossa cadeia de suprimentos de lácteos. Estamos trabalhando diretamente com mais de 200.000 produtores de leite em todo o mundo. Os lácteos são altamente perecíveis e agora muitos produtores estão enfrentando interrupções significativas na demanda. Estamos cumprindo integralmente com nossos compromissos de comprar os volumes acordados para ajudá-los a manter seus meios de subsistência.

Desde o início dessa pandemia, participamos de vários projetos em todo o mundo como empregador e parceiro de negócios confiável, assim como vizinho e cidadão de confiança nos 187 países em que operamos. Nosso compromisso é seguro e inabalável.

Durante o primeiro trimestre, nossa empresa permaneceu resiliente:

  • O crescimento orgânico atingiu 4,3%, com crescimento real (RIG) de 4,7% e variação de preços de -0,4%. O crescimento foi sustentado por um forte impulso nas Américas e na Zona EMENA. A Zona AOA registrou forte declínio nas vendas.
  • O total de vendas reportadas caiu 6,2%, para 20,8 bilhões de francos suíços (3M-2019: CHF 22,2 bilhões). As aquisições líquidas de desinvestimentos reduziram as vendas em 4,7%, o câmbio reduziu as vendas em 5,8%.
  • A gestão de portfólio continua no caminho certo. A venda do negócio de sorvetes dos EUA para a Froneri, no valor de US﹩ 4 bilhões, foi concluída em 31 de janeiro de 2020. A venda de 60% da participação no negócio de charcutaria Herta (frios e produtos à base de carne) para a Casa Tarradellas deverá ser concluída no primeiro semestre de 2020.
  • A Nestlé decidiu explorar opções estratégicas, incluindo uma venda potencial de seus negócios de leite de amendoim e mingau de arroz em lata da Yinlu na China. A Nestlé manterá e desenvolverá seu negócio de cafés da Nescafé.
  • Como ainda é muito cedo para avaliar o impacto total da COVID-19, mantemos nossa perspectiva original para o ano de 2020 por enquanto. Esperamos uma melhoria contínua no crescimento orgânico das vendas e na margem de lucro operacional subjacente. Espera-se que os ganhos subjacentes por ação nas moedas constantes e a eficiência de capital aumentem.

Mark Schneider, CEO da Nestlé, comentou: “A crise da COVID-19 continua a impactar nossas vidas de maneira poderosa e, às vezes, trágica. Nossos pensamentos estão com todos aqueles que foram afetados e estendemos o nosso mais profundo pesar àqueles que perderam entes queridos.

A Nestlé tem uma responsabilidade especial neste momento. Nossos produtos de alimentos e bebidas ajudam a manter as pessoas saudáveis, proporcionam conforto e apoiam sua recuperação. Nosso pessoal, em particular os colaboradores da linha de frente, tem demonstrado um compromisso extraordinário na manutenção do funcionamento de nossos negócios e no atendimento das necessidades dos consumidores. Continuaremos trabalhando duro para fornecer alimentos e bebidas para as pessoas em todo o mundo, todos os dias.

Nossa empresa permaneceu resiliente no primeiro trimestre, refletindo nosso portfólio diversificado de produtos e nossa forte presença local em 187 países. No entanto, esta crise está longe de terminar e enfrentaremos muitas incertezas nos próximos trimestres. Continuaremos a nos adaptar rapidamente às mudanças nas necessidades dos consumidores e aos desafios em nossas cadeias de suprimentos globais. Como empregador e parceiro de negócios confiável, estamos cumprindo com nossos compromissos. Como bom cidadão e vizinho de confiança, continuamos a oferecer nossa ajuda, em particular àqueles que são mais vulneráveis na sociedade. Nos últimos 154 anos, a Nestlé superou inúmeros desafios com sucesso. Estamos confiantes de que – junto a todos os que estão lutando contra a pandemia e suas consequências – também vamos superar este desafio”.

Vendas do grupo

O crescimento orgânico atingiu 4,3%, com crescimento real (RIG) de 4,7%. As variações de preço caíram 0,4% temporariamente, refletindo principalmente a época de promoções na América do Norte. O crescimento orgânico foi sustentado por um forte impulso nas Américas e na Zona EMENA. A Zona AOA registrou crescimento negativo, principalmente devido a um declínio dois dígitos nas vendas na China. O crescimento orgânico foi de 7,4% nos mercados desenvolvidos, baseado inteiramente no crescimento real. O crescimento nos mercados emergentes foi de 0,5%.

Por categoria de produto, a maior contribuição para o crescimento foi de Purina PetCare e suas marcas premium Purina Pro Plan e Purina ONE. Pratos prontos e produtos culinários cresceram a uma taxa de um dígito, com melhora de crescimento em todas as marcas. Cafés apresentou bom impulso, marcado pela demanda por produtos Starbucks, Nespresso e Nescafé. Nestlé Health Science registrou crescimento dois dígitos, refletindo a alta demanda por produtos para o consumidor e de nutrição médica.

As aquisições líquidas de desinvestimentos reduziram as vendas em 4,7%, devido, em grande parte, ao desinvestimento da Nestlé Skin Health e do negócio de sorvetes nos EUA. O câmbio reduziu as vendas em 5,8%, refletindo a apreciação do franco suíço frente à maioria das moedas. O total de vendas reportadas caiu 6,2%, para 20,8 bilhões de francos suíços.

Impacto comercial da crise da COVID-19

A Nestlé respondeu rapidamente e tomou as medidas necessárias para minimizar os impactos desta crise global. Até a presente data, o Grupo conseguiu atender efetivamente seus parceiros varejistas e consumidores, apesar de algumas interrupções locais na cadeia de suprimentos e da escassez temporária de pessoal. Os colaboradores da linha de frente da Nestlé têm sido fundamentais para superar estes desafios.

O efeito da COVID-19 variou significativamente por região, categoria de produto e canal de vendas, dependendo do momento do surto, do escopo das restrições e do comportamento dos consumidores:

  • Geografias: A maioria dos mercados, principalmente na América do Norte e Europa, registrou aumento significativo em março, parcialmente sustentado pela estocagem dos consumidores. A China registrou declínio acentuado nas vendas, devido às restrições de movimentação durante quase todo o trimestre, estocagem limitada dos consumidores e exposição relativamente maior aos canais fora de casa.
  • Categorias de produtos: Os produtos essenciais tiveram aumento na demanda. Pratos prontos e produtos culinários, Purina PetCare, café e produtos da Nestlé Health Science registraram um crescimento maior. Confeitos e sorvetes tiveram queda nas vendas, refletindo a redução na oferta de presentes e compras por impulso.
  • Canais de vendas: Todos os mercados apresentaram uma alteração significativa do consumo fora de casa para o consumo doméstico. Os canais fora de casa registraram crescimento negativo, com quedas significativas nas vendas da Nestlé Professional, Águas e nas butiques Nespresso. As vendas por comércio eletrônico cresceram 29,4%, superando 10% das vendas totais do Grupo pela primeira vez.

O impacto financeiro da COVID-19 permanece difícil de quantificar e dependerá da duração e das consequências econômicas desta crise. A Nestlé continua a se adaptar rapidamente aos desafios da cadeia de suprimentos e às mudança de comportamento dos consumidores. O Grupo permanece resiliente, devido ao seu portfólio diversificado de produtos e presença em todo o mundo.

Gestão de portfólio

Em janeiro de 2020, a Nestlé concluiu a venda de seu negócio de sorvetes nos EUA por US﹩ 4 bilhões para a Froneri, a bem-sucedida joint venture global com a PAI Partners. O Grupo espera fechar a venda de 60% de sua participação nos negócios de charcutaria Herta (frios e produtos à base de carne) para a Casa Tarradellas no primeiro semestre de 2020.

Em janeiro de 2020, o Grupo anunciou um contrato de compra de ativos com a Allergan para adquirir o medicamento gastrointestinal Zenpep. Com esta ação, a Nestlé pretende expandir seus negócios de nutrição médica e complementar seu portfólio de produtos terapêuticos. A compra do Zenpep deverá ser concluída no segundo trimestre deste ano.

Em abril de 2020, a Nestlé também anunciou e concluiu a aquisição da Lily’s Kitchen, um negócio de rações naturais premium para animais de estimação.

Desenvolvimentos Estratégicos

O Conselho de Administração decidiu explorar opções estratégicas, incluindo uma venda potencial dos negócios de leite de amendoim e mingau de arroz em lata da Yinlu na China. A intenção é garantir o crescimento e o sucesso de longo prazo desses negócios da Yinlu, que tiveram vendas de 700 milhões de francos suíços em 2019. A Nestlé manterá seu negócio de café Nescafé pronto para beber, atualmente embalado e distribuído pela Yinlu. Nescafé é um driver estratégico de crescimento e a Nestlé continuará investindo consistentemente na marca na China.

O Conselho de Administração também reafirmou e enfatizou a importância estratégica do mercado chinês para o Grupo. Atualmente, a Nestlé opera 31 fábricas, três centros de P&D e quatro centros de inovação de produtos na região da Grande China. O Grupo fez investimentos de capital significativos na Região e continua a ver oportunidades significativas para novos investimentos e crescimento sustentável.

Zona Américas (AMS)

  • 7,4% de crescimento orgânico: 7,9% de RIG; -0,5% de variação de preços.
  • A América do Norte registrou alto crescimento orgânico de um dígito, com RIG forte e variação de preços negativa.
  • A América Latina registrou crescimento orgânico de um dígito, com RIG e variação de preços positivos.

O crescimento orgânico cresceu 7,4%, sustentado por um alto crescimento real (RIG) de 7,9%. A variação de preços caiu 0,5%, refletindo principalmente a época de promoções na América do Norte. As aquisições líquidas de desinvestimentos reduziram as vendas em 4,0%, devido, em grande parte, ao desinvestimento no negócio de sorvetes nos EUA. O câmbio teve um impacto negativo de 6,1%. As vendas reportadas na Zona AMS declinaram 2,7% para 8,3 bilhões de francos suíços.

A América do Norte cresceu à taxa de um dígito, sustentada por um forte crescimento real na maioria das categorias de produtos. A maior contribuição para esse crescimento foi de Purina PetCare , que teve seu impulso sustentado pelo comércio eletrônico e as marcas premium. Purina Pro Plan, Fancy Feast e os produtos veterinários cresceram à taxa de dois dígitos. As bebidas, incluindo os produtos Starbucks, Nescafé e Coffee mate, cresceram à taxa de um dígito. Os alimentos congelados registraram alto crescimento de um dígito, com contribuições positivas de todas as marcas, principalmente DiGiorno, Stouffer’s e Hot Pockets. Os produtos para confeitaria, incluindo Toll House e Carnation, registraram uma elevada demanda do consumidor. Os alimentos para bebês Gerber apresentaram crescimento de um dígito, sustentado por sua linha de produtos orgânicos e petiscos saudáveis. O negócio de Águas mostrou crescimento positivo, com base no forte impulso da S.Pellegrino e no desenvolvimento positivo das vendas das marcas regionais fora do canal fora de casa. Nestlé Professional registrou declínio nas vendas, pois os canais fora de casa fecharam ou reduziram seus serviços no mês de março.

A América Latina teve crescimento de um dígito, sustentado pela maioria das localidades e categorias de produtos. As vendas no Brasil cresceram à taxa de um dígito, com crescimento significativo em nutrição infantil, laticínios de prateleira e café. O México registrou crescimento de um dígito, com base no aumento das vendas de Nescafé e Coffee mate. O Chile registrou crescimento elevado de um dígito. A América Latina registrou crescimento de dois dígitos para Purina PetCare e produtos culinários. KitKat continuou a crescer, compensando parcialmente o declínio nas vendas de outros produtos do segmento de confeitos.

Zona Europa, Oriente Médio e Norte da África (EMENA)

  • 7,1% de crescimento orgânico: 8,2% de RIG; -1,1% de variação de preços.
  • A Europa Ocidental teve crescimento orgânico de um dígito. O RIG forte foi parcialmente contrabalançado pela variação de preços negativa.
  • A Europa Central e Oriental tiveram alto crescimento orgânico de um dígito, com forte RIG. A variação de preços foi negativa.
  • O Oriente Médio e o Norte da África registraram alto crescimento orgânico de um dígito, com base em um RIG forte e variação de preços ligeiramente positiva.

O crescimento orgânico foi de 7,1%, com aumento do crescimento real (RIG) de 8,2%. A variação de preços caiu 1,1%, já que as tendências deflacionárias continuaram afetando os setores de alimentos e varejo na maioria dos mercados europeus. As aquisições líquidas de desinvestimentos reduziram as vendas em 0,5%. O câmbio impactou negativamente as vendas em 6,2%. As vendas reportadas na Zona EMENA aumentaram 0,4%, para 5,3 bilhões de francos suíços.

A Zona EMENA registrou alto crescimento orgânico de um dígito, com amplos ganhos de participação de mercado na maioria das categorias e geografias de produtos. Alemanha, Rússia, Israel e Espanha apresentaram crescimento particularmente forte.

Pratos prontos e produtos culinários, cafés, Purina PetCare e nutrição infantil registraram crescimento de dois dígitos. Os produtos culinários tiveram uma elevada demanda do consumidor em todos os segmentos, principalmente os produtos vegetarianos e veganos Maggi e Garden Gourmet. Cafés apresentou forte crescimento, sustentado pelos produtos Starbucks e Nescafé. Purina PetCare registrou forte impulso contínuo, liderado por Felix, Purina ONE e Tails.com. Nutrição infantil mostrou aumento da demanda do consumidor na maioria das localidades, principalmente para produtos com oligossacarídeos do leite humano (HMOs). O segmento de Águas apresentou crescimento negativo, impactado pela queda nas vendas no canal fora de casa. Nestlé Professional registrou declínio de dois dígitos nas vendas.

Zona Ásia, Oceania e África Subsaariana (AOA)

  • -4,6% de crescimento orgânico: -4,6% de RIG; 0,0% de variação de preços.
  • A China registrou declínio de dois dígitos no crescimento orgânico, principalmente devido ao RIG negativo. A variação de preços foi negativa.
  • O Sudeste Asiático manteve o crescimento orgânico de um dígito, liderado pelo RIG. A variação de preços foi ligeiramente positiva.
  • O Sul da Ásia registrou alto crescimento orgânico de um dígito, com RIG sólido.
  • A África Subsaariana teve crescimento orgânico de dois dígitos, com base no forte RIG.
  • Japão e Oceania tiveram baixo crescimento orgânico de um dígito. O RIG sólido foi parcialmente contrabalançado pela variação de preços negativa.

O crescimento orgânico foi de -4,6%, com crescimento real (RIG) de -4,6%. A variação de preços ficou estável. As aquisições líquidas de desinvestimentos não tiveram impacto nas vendas. O câmbio reduziu as vendas em 5,1%. As vendas reportadas na Zona AOA caíram 9,7%, para 5,0 bilhões de francos suíços.

A Zona AOA registrou crescimento orgânico negativo, principalmente devido a um declínio nas vendas na China. Outras sub-regiões tiveram crescimento de um dígito.

A China registrou crescimento negativo de dois dígitos, devido a um declínio significativo nas vendas do canal fora do lar e à época do Ano Novo Chinês. Exemplos incluem Nestlé Professional, leite de amendoim e mingau de arroz em lata Yinlu, confeitos Hsu Fu Chi, produtos prontos para beber e sorvetes. As vendas de fórmulas infantis da Wyeth diminuíram, principalmente a linha de produtos S-26. Cereais infantis e Purina PetCare registraram crescimento de dois dígitos. As vendas no comércio eletrônico tiveram crescimento de dois dígitos, sustentadas por Nescafé e pelos produtos Starbucks.

O Sudeste Asiático registrou crescimento sólido, sustentado pelo forte impulso na Indonésia e crescimento acentuado nas Filipinas e na Tailândia. Bear Brand e Maggi cresceram à taxa de dois dígitos. O Sul da Ásia apresentou crescimento alto de um dígito. A Índia continuou com bom desempenho, com impulso contínuo para a NAN, Maggi e KitKat. O Paquistão voltou a crescer positivamente com base em um desenvolvimento maior nas vendas de laticínios de prateleira. A África Subsaariana acelerou para uma taxa de crescimento de dois dígitos, sustentada por Nido, Milo e Cafés. O Japão e a Oceania tiveram crescimento de um dígito. A Oceania registrou forte crescimento em todas as categorias de produtos, especialmente Purina PetCare, confeitos e Nescafé. O Japão mostrou declínio nas vendas, com KitKat impactado pelo número reduzido de entrada de turistas.

Por categoria de produto, Purina PetCare, Milo e Maggi apresentaram crescimento positivo. Em Cafés, os produtos Starbucks continuaram com forte demanda dos consumidores. Fora da China, a nutrição infantil teve bom impulso nas vendas. Nestlé Professional registrou um declínio de dois dígitos nas vendas.

Outras empresas

  • 8,5% de crescimento orgânico: 8,0% de RIG; 0,5% de variação de preços.
  • Nespresso registrou crescimento orgânico de um dígito, com RIG e variação de preços positivos.
  • Nestlé Health Science teve crescimento orgânico de dois dígitos, inteiramente impulsionado pelo RIG.

O crescimento orgânico de 8,5% foi sustentado pelo crescimento real (RIG) de 8,0% e variação de preços de 0,5%. As aquisições líquidas de desinvestimentos reduziram as vendas em 25,4%, devido ao desinvestimento da Nestlé Skin Health. O câmbio teve impacto negativo de 5,5%. As vendas reportadas em Outros Negócios caíram 22,4%, para 2,2 bilhões de francos suíços.

A Nespresso teve crescimento orgânico de um dígito. As Zonas Américas e AOA cresceram à taxa de dois dígitos, com ganhos contínuos de participação de mercado nos Estados Unidos e no Canadá. As vendas na Europa diminuíram, refletindo o fechamento de butiques e a demanda significativamente reduzida no canal fora de casa, principalmente na parte final do trimestre.

A Nestlé Health Science acelerou para uma taxa de crescimento de dois dígitos, sustentada por um forte impulso dos produtos para o consumidor e de nutrição médica. Garden of Life e Pure Encapsulations apresentaram crescimento maior, com base na alta demanda por suplementos de qualidade que apoiam a saúde e o sistema imunológico em geral.

Nossos negócios como uma força para o bem durante a COVID-19: Unidos globalmente, trabalhando localmente

Empresas de todo o mundo estão sendo chamadas para apoiar a luta contra a disseminação do vírus, fornecer produtos emergenciais necessários e salvaguardar os meios de subsistência. Estamos reunindo todos os nossos stakeholders para ajudar as comunidades ao nosso redor e as pessoas mais vulneráveis em todo o mundo.

Nosso pessoal está totalmente comprometido e trabalhando duro para garantir que o suprimento seja mantido. À medida que nossos colaboradores enfrentam esses novos desafios, fornecemos suporte extra para assegurar sua saúde, segurança e bem-estar. Isso inclui a garantia de 12 semanas de salários regulares para todos os funcionários horistas e assalariados afetados por paradas temporárias.

Desde o início desta crise lideramos esforços de assistência local em todo o mundo. Temos dado apoio a instituições de caridade, instituições médicas e outras organizações na linha de frente do combate a esta pandemia. Além dos esforços locais, estamos prestando ajuda extra aos nossos parceiros para apoiar ajudas emergenciais e populações vulneráveis. Os exemplos a seguir são apenas dois dos muitos exemplos de como nossos negócios e colaboradores estão apoiando as comunidades nas quais operam.

Parceria com a IFRC para ajudar a fortalecer sua resposta a emergências. Com base em uma parceria global de longa data, anunciamos em março que estaríamos unindo forças com a Federação Internacional das Sociedades da Cruz Vermelha e do Crescente Vermelho (IFRC) para prestar ajuda urgente aos serviços de emergência e cuidadores da saúde. Superaremos nossa contribuição inicial de 10 milhões de francos suíços e já identificamos projetos em quase 40 países que necessitam de apoio local imediato. Continuaremos a equiparar as doações feitas por nossos funcionários para a IFRC.

Parceria com médicos que tratam pacientes com COVID-19. Fornecer nutrição a pacientes gravemente doentes com COVID-19 é um desafio adicional para os profissionais da saúde. Os pacientes com COVID-19 em terapia intensiva geralmente apresentam insuficiência respiratória aguda e precisam ser alimentados por sonda com nutrição rica em proteínas e energia. Nossa equipe da Nestlé Health Science tem longa experiência no apoio a pacientes mediante produtos de nutrição médica específicos. Nossos especialistas têm trabalhado com médicos para criar um algoritmo simplificado e um protocolo de alimentação com base em diretrizes internacionais atualizadas. Essa abordagem, que não exige produtos da Nestlé, está sendo compartilhada com prestadores de serviços de saúde em todo o mundo para ajudar a melhorar os resultados dos pacientes e reduzir a pressão sobre os sistemas de saúde. Além disso, a Nestlé Health Science doou produtos de nutrição médica para apoiar a recuperação de pacientes e ajudar as equipes médicas a manterem suas forças em muitos mercados, incluindo China e Itália.

Perspectiva

Como ainda é muito cedo para avaliar o impacto total da COVID-19, mantemos nossa perspectiva original para o ano de 2020 por enquanto. Esperamos uma melhoria contínua no crescimento orgânico das vendas e na margem de lucro operacional subjacente. Espera-se que os ganhos subjacentes por ação nas moedas constantes e a eficiência de capital aumentem.”

Para mais detalhes, acesse http://www.nestle.com/media/mediaeventscalendar/allevents/2020-three-month-sales

Sobre admin

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*