segunda-feira , 20 setembro 2021
Capa » Notícias » Indústria fatura R$ 204 milhões com snacks de amendoim, de julho de 2020 a junho de 2021

Indústria fatura R$ 204 milhões com snacks de amendoim, de julho de 2020 a junho de 2021

Consumo de snacks de amendoim dentro de casa apresenta crescimento de 7.7%, comparando o período de julho de 2020 a junho de 2021 com julho de 2019 a junho de 2020

O setor de amendoins vem se fortalecendo cada vez mais dentro do mercado brasileiro. De acordo com pesquisa encomendada pela Associação Brasileira da Indústria de Chocolates, Amendoim e Balas (Abicab) e realizada pelo Instituto Kantar*, de julho de 2020 a junho de 2021, a indústria faturou R$ 204 milhões com snacks de amendoim, o que representa um crescimento de 13,8%, em relação a julho de 2019 a junho de 2020. Esse crescimento se deu pelo aumento de 16,1% do gasto médio com produtos de amendoim.

Outro fator importante é que o consumo de amendoim industrializado dentro de casa acabou conquistando no último ano móvel (julho de 2020 a junho de 2021) novos lares, apresentando uma penetração de 11,4%, aumento de 8,6%, comparando ao período de 2019 a 2020. Esse resultado é visto, principalmente, nas regiões metropolitanas do Rio de Janeiro, seguido das três regiões metropolitanas do Nordeste, como Recife, Fortaleza e Salvador. Atualmente, os principais canais de compra usados pelos brasileiros são hiper e supermercados, além das compras por impulsos originadas em local de trabalho, faculdade, vending machine, entre outros.

O amendoim é um alimento versátil e ingrediente para diversos tipos de produtos, além de ser rico em vários nutrientes, o que contribui cada vez mais para o seu consumo. “O consumo de amendoim no Brasil apresenta números muito positivos e ótimo desempenho de mercado, ganhando cada vez mais reconhecimento por sua qualidade e versatilidade. Acreditamos que esse é um mercado em que ainda temos muito espaço para crescer, afinal é um alimento que está inserido na cultura regional do Brasil e tem grande importância econômica, de forma local e global”, diz Ubiracy Fonseca, presidente da Associação Brasileira da Indústria de Chocolates, Amendoim e Balas (Abicab).

*Fonte: Kantar, Divisão Worldpanel, Total Brasil, Total Amendoim, período julho de 2020 a junho de 2021 versus julho de 2019 a junho de 2020.

Sobre a ABICAB

A Associação Brasileira da Indústria de Chocolates, Amendoim e Balas – ABICAB foi fundada em 1957 e representa os principais fabricantes do país junto às esferas pública e privada, no Brasil. A indústria brasileira nestes setores gera cerca de 35 mil empregos diretos. A entidade, que representa atualmente 92% do mercado de chocolates, 72% do mercado de balas e confeitos e 62% do mercado de amendoim, tem como objetivo central desenvolver, proteger e promover as indústrias associadas, estimulando ações para o fomento dos mercados interno e externo nestes setores, bem como o consumo responsável dos produtos.

Sobre admin

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*