domingo , 25 agosto 2019
Capa » Mercado » Exportação de biscoitos, macarrão e pães e bolos industrializados atinge US$ 60,3 milhões no 1º semestre

Exportação de biscoitos, macarrão e pães e bolos industrializados atinge US$ 60,3 milhões no 1º semestre

A Associação Brasileira das Indústrias de Biscoitos, Massas Alimentícias e Pães & Bolos Industrializados (ABIMAPI) divulga hoje os dados referentes ao desempenho das exportações do primeiro semestre de 2019.

Juntas, as três categorias representadas pela entidade atingiram um total de 32,9 mil toneladas de produtos e US$ 60,3 milhões em vendas, representando um aumento de 2% em faturamento e retração de 6% em volume quando comparado ao mesmo período de 2018. O resultado é consequência das ações promovidas pelo projeto setorial Brazilian Biscuits, Pasta and Industrialized Breads & Cakes, mantido pela associação em parceria com a Apex-Brasil, formado por 60 empresas brasileiras que anualmente exportam para mais de 80 países.

O setor de biscoitos se destacou com um aumento de 11% (USD 51,4 milhões) em faturamento e 20% em volume (28 mil toneladas), se comparado ao mesmo período de 2018. Países como Uruguai, Angola, Cuba, México, Chile, Peru, Colômbia e Equador contribuíram para o resultado, pois continuam expandindo as marcas brasileiras em seus mercados. Destacam-se, também, Líbia, Palestina, Suíça, Honduras, Japão, Guatemala, Nigéria e China, que aumentaram as compras de biscoitos brasileiros e passaram a um patamar relevante para diversificação das exportações nesse 1º semestre.

No segmento das massas, as exportações chegaram a US$ 3,5 milhões e 2,7 mil toneladas. Aqui, sobressaíram-se as massas instantâneas, com um aumento de 37% das exportações, representando US$ 1,4 milhões em faturamento, com Paraguai, Uruguai, Colômbia, Chile e Argentina como os principais destinos.

Já a categoria de pães e bolos industrializados atingiu US$ 5,2 milhões e 2,1 mil toneladas. As exportações de bolos para o Paraguai cresceram 54%, representando US$ 645 mil e cerca de 164 toneladas. Outro país que contribuiu para o resultado foi o Peru, com o considerável aumento nas compras de torradas, superando o resultado de 2018 somente nesse 1º semestre, com US$ 60,7 mil em faturamento e 14,5 toneladas em volume.

As misturas para biscoitos, pães, bolos e os pães de queijo vêm ganhando força em países como Estados Unidos e Portugal. Juntos, esses países representam pouco mais de 40% das exportações dos produtos que somaram US$ 10,5 milhões em faturamento e 8 mil toneladas em volume.

De acordo com Cláudio Zanão, presidente-executivo da ABIMAPI, investir em ações e buscar oportunidades que aproximem as empresas do segmento de seus clientes e potenciais parceiros no exterior é essencial para o bom desempenho das exportações do setor. “Ao todo, até o final do ano, serão realizadas mais de 10 ações de promoção, capacitação e competitividade, além de participações nas principais feiras de alimentos do mundo, reuniões e estudos de mercados prioritários que estimulam e dão o suporte necessário para o desenvolvimento das categorias fora do país”, pontua.

Sobre admin

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*