terça-feira , 18 janeiro 2022
Capa » Bebidas » Descubra por qual motivo a garrafa de cerveja costuma ser marrom e como esse tipo de embalagem pode ajudar o meio ambiente
Descubra por qual motivo a garrafa de cerveja costuma ser marrom e como esse tipo de embalagem pode ajudar o meio ambiente
Foto criada por freepik - br.freepik.com

Descubra por qual motivo a garrafa de cerveja costuma ser marrom e como esse tipo de embalagem pode ajudar o meio ambiente

Não existe de fato um documento que revela quem teve a ideia de colocar as cervejas em garrafas de vidro, porém, de acordo com os diários de Alexander Nowell, sacerdote-chefe da Catedral de São Paulo, entre 1560 e 1602, em Londres, ela já era envasada assim

As cervejas premium estão conquistando cada vez mais o paladar dos consumidores brasileiros. Entre 2015 e 2020, o faturamento das cervejas especiais cresceu 85% e atingiu R$ 52 bilhões. De acordo com a Euromonitor, a expectativa é que esse número cresça mais 53,9% até o ano de 2025 e o faturamento salte para R$80,2 bilhões. Com esse aumento de interesse dos consumidores em explorar o vasto universo das cervejas especiais, dúvidas em relação aos estilos disponíveis e até mesmo sobre a embalagem costumam surgir.

“Mais do que apenas listar as informações sobre a cerveja ou estampar ilustrações elaboradas, as embalagens também protegem as bebidas”, explica Alexandre Vaz, mestre cervejeiro da Ashby. Tradicionalmente, a garrafa de cerveja é marrom. A cor ajuda na proteção do líquido contra os raios ultravioletas, além de preservar o sabor e o aroma da bebida. Não existe de fato um documento que revela quem teve a ideia de colocar as cervejas em garrafas de vidro, porém, de acordo com os diários de Alexander Nowell, sacerdote-chefe da Catedral de São Paulo, entre 1560 e 1602, em Londres, ela já era envasada assim.

Antes desse período, seu armazenamento era feito em barris de carvalho ou vasilhames de couro. “Apenas em 1882 é que os fabricantes decidiram apostar em garrafas de vidro escuro, pois descobriram que elas fazem com que a qualidade da cerveja dure por mais tempo e a protegem da luz”, diz Vaz. Há também garrafas verdes, criadas após a Segunda Guerra Mundial, como sinal de qualidade para a cerveja, já que são produzidas com um lúpulo diferenciado, modificado industrialmente e, consequentemente, mais caro.

Porém, as garrafas de cor verde e até de outras cores mais claras não protegem as bebidas da luz como as de garrafas marrom. Sendo assim, independentemente da qualidade da cerveja, elas estão mais propícias a estragar com o tempo. “O vidro também não altera o sabor, o odor ou a cor da cerveja, pois ele é neutro. Além disso, as bebidas armazenadas em vidro levam menos conservantes e estabilizantes”, ressalta o mestre cervejeiro.

A garrafa de vidro também pode ser uma importante aliada na preservação do meio ambiente. Algumas marcas e estabelecimentos apostam em bebidas retornáveis, ou seja, após seu consumo, é possível devolvê-la e conseguir outra cheia, evitando o descarte imediato da embalagem. O vidro também pode ser reciclado infinitamente, sem perder sua qualidade ou pureza.

“Hoje há cervejas especiais vendidas em lata, mas a versão em garrafa acabou ficando no imaginário dos consumidores quando eles pensam nas bebidas premium, seja por conta das gôndolas onde ficam expostas e seus rótulos elaborados e chamativos, ou por ser o tipo de embalagem predominante nesse segmento”, finaliza Vaz.

Sobre a Ashby

Foi no ano de 1993 que Scott Ashby, americano que chegou ao Brasil em 1992, decidiu montar, na cidade Amparo, SP, a primeira Micro Cervejaria do Brasil, a fim de trazer ao país o conceito de cervejas especiais dos EUA. Scott, Doutor em Física, apaixonado por cervejas, ingressou no curso de Mestre Cervejeiro na Universidade da Califórnia no ano de 1990 e, logo em seguida começou a trabalhar na cervejaria americana Wasatch, onde permaneceu por dois anos. Antes disso, Scott já era homebrewer e produzia cervejas para seus amigos, que rapidamente consumiam toda a produção caseira.

E a diferenciação da empresa já começou quando pensou em montar uma fábrica na cidade de Amparo, SP, circuito das Águas Paulistas. Como essas bebidas são compostas por 90% de água, a qualidade desta na fabricação é extremamente relevante. Por isso, a Ashby, escolheu estrategicamente o melhor lugar para suas instalações. As águas de Amparo, além de conservar a pureza que brota da terra, têm um equilíbrio excelente entre sais e minerais tornando-a perfeita para a fabricação de chopes e cervejas de qualidade ímpar.

Foi graças à Ashby que o cenário do mercado nacional começou a experimentar um novo conceito de cervejas diferenciadas, o que antes era privilégio para poucos.

Cadastre-se para receber as matérias também via WhatsApp

Portais de Notícias 2A+

Conteúdos exclusivos, matérias, entrevistas, artigos, eventos e muito mais todo dia, a qualquer momento, para fazer de você o seguidor melhor informado.

Jornalismo feito por Jornalistas.

Integramos os elos entre a indústria, os fornecedores, o varejo e o consumidor. A Qualidade que seleciona seguidores de Qualidade.

Os fornecedores que prestigiamos são os nossos anunciantes.

Faça network com o mercado, não disperse tempo e dinheiro, anuncie conosco. Quem tem poder de decisão está nos Portais 2A+. 

The best way to access the Brazilian life sciences industry market.

 

Sobre admin

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*