terça-feira , 31 março 2020
Capa » Bebidas » Chilenos e Argentinos disputam apreciadores brasileiros de vinhos Malbec

Chilenos e Argentinos disputam apreciadores brasileiros de vinhos Malbec

Importadora MMV traz ao Brasil novos rótulos dos vinhos chilenos Felitche e Fotunatus, com destaque para Malbecs produzidos na Viña Alto Roble do Chile.

Apostando no crescente público consumidor de vinhos de qualidade com preços acessíveis, a importadora curitibana MMV traz ao Brasil novos rótulos dos vinhos chilenos Felitche e uma novidade ao mercado brasileiro: o chileno Fortunatus, produzidos na vinícola Viña Alto Roble.

Dentre os novos rótulos, destacam-se o Felitche Malbec e o Fortunatus Reserva Especial Malbec. A novidade em torno destes vinhos está no fato de serem produzidos no Chile, o que confere uma peculiaridade especial a eles.

O sommelier e gerente comercial da MMV, Jonas Martins, explica que “a uva Malbec é emblemática na Argentina, por isso produzir um Malbec no Chile ainda é novidade para muitos consumidores”. Isso acontece porque, historicamente, a uva Malbec, originária da França, chegou ao mesmo tempo no Chile e na Argentina, no final do século XIX. Contudo, como no Chile o terreno era mais fértil e variado,  outros tipos de uvas como a Cabernet Sauvignon e Merlot tiveram ótima adaptação e foram priorizadas na produção dos vinhos, sendo a Malbec utilizada pelos enólogos chilenos principalmente para dar uma cor mais escura aos vinhos das outras uvas.

Desta forma, na Argentina, onde o clima e o terroir eram menos variados, a uva Malbec ganhou espaço e tornou-se protagonista, tornando o país conhecido como o melhor produtor de vinhos Malbec.

Quando os vinhedos chilenos passaram por um grande modernização nos anos 80 e 90, os produtores praticamente “arrancaram” os vinhedos de Malbec para produzir Cabernet Sauvignon, Merlot e Carménère: uvas com visibilidade no mercado externo e com maior demanda para exportação. “O interessante foi que alguns vinhedos de Malbec sobreviveram a esse movimento dos produtores e no início dos ano 2000 começaram a ganhar destaque no mercado internacional. Assim, os Malbecs chilenos ganharam mercado internacional e hoje há mais de 6.000 hectares de cultivo da uva Malbec”, comenta Jonas.

Lançamentos

O Felitche Malbec é um vinho extremamente frutado no nariz e no paladar, muito fácil de harmonizar com todos os tipos de prato, além de ser ótimo para beber na companhia da família e dos amigos – como é toda linha Felitche.

Já o Fortunatus Reserva Especial Malbec é diferenciado, com longa passagem por barris de carvalho, mais estrutura e complexidade. Como todo Malbec, este é um vinho ideal para churrascos e pratos mais estruturados, como um barreado tipicamente paranaense.

A MMV agrega ainda ao seu portfólio outros rótulos do vinho Felitche: o Chardonnay, com acidez bem equilibrada, e o Felitche Rosé, feito com uvas Cabernet Sauvignon e aroma de frutas vermelhas.

Outra grande vantagem dos vinhos Felitche e Fortunatus é que eles são bem acessíveis. Uma garrafa de Felitche custa em torno de R$35,00 e o Fortunatus é na casa de R$65,00, e você pode encontrar esses vinhos em lojas especializadas e wine bares.

Sobre admin

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*