Capa » Home » Grupo Heineken anuncia ecossistema de negócios de impacto
Grupo Heineken anuncia ecossistema de negócios de impacto
Grupo HEINEKEN e empresas parceiras durante o lançamento de Spin | Créditos : @alevirgilio

Grupo Heineken anuncia ecossistema de negócios de impacto

De plantação de limão orgânico a abertura de centros de reciclagem, cervejaria reúne empresas e empreendedores para endereçar desafios sociais e ambientais do mercado

São Paulo, junho de 2024 – O Grupo HEINEKEN, segunda maior cervejaria do país, anuncia a criação de Spin, ecossistema de negócios de impacto que inicia sua operação com a parceria de empresas referências em suas áreas de atuação e reconhecidas por suas boas práticas socioambientais, como Ambipar, Better Drinks, Central Única das Favelas (CUFA), Raízen, Rizoma e Ultragaz. Com investimento inicial de mais de R$ 150 milhões, Spin representa o maior salto da cervejaria na sua jornada ESG desde que chegou ao Brasil, em 2010, e tem como missão extrapolar a produção de cerveja para contribuir com a transformação e descarbonização da sua cadeia de valor. O anúncio da novidade aconteceu nesta manhã, em São Paulo, em evento que contou com a presença das lideranças de todas as empresas parceiras.

A Spin possui quatro pilares de atuação definidos a partir da relevância de cada um na emergência climática que enfrentamos: agricultura regenerativa, circularidade do vidro, transição energética e marcas de impacto. Com modelos de negócio distintos, porém alinhados ao mesmo compromisso de gerar valor compartilhado, o ecossistema tem como princípio a colaboração para desenvolver soluções em que todos ganham, a cervejaria, as empresas parceiras e a sociedade.

Para o CEO do Grupo HEINEKEN, Mauricio Giamellaro, é mais que urgente a necessidade de repensar modelos de crescimento a qualquer custo. “Diante de tantos eventos extremos, acreditamos que a colaboração é o melhor caminho para a transformação que precisa acontecer no mundo dos negócios. A roda do capital pode continuar girando se formos capazes de dar um novo sentido para essa engrenagem. Nosso movimento mais ambicioso começa agora com Spin, que vai na contramão de modelos tradicionais de verticalização da cadeia”, afirma Giamellaro.

Os negócios de Spin, ecossistema do Grupo HEINEKEN

Agricultura regenerativa: em parceria com a Rizoma, a primeira fase desse modelo de negócio será em uma área de mais de 800 hectares na cidade de Itu, interior de São Paulo, onde as empresas produzirão limão orgânico por meio da tecnologia oferecida pela própria natureza em sistema agroflorestal produtivo e de regeneração. Com essa solução, é possível sequestrar o carbono do ambiente, reforçar a resiliência hídrica da região e gerar pelo menos 100 novas posições de trabalho. Os frutos serão comercializados e o lucro obtido reinvestido na expansão do modelo de negócio para outras regiões do país.

Circularidade do vidro: por meio de um novo sistema de circularidade desenvolvido com a Ambipar, a cervejaria pretende reciclar mais garrafas de vidro do que coloca no mercado atualmente. O ponto de partida do negócio é cobrir áreas onde o volume de embalagens é alto, mas a coleta de vidro quase inexistente devido ao alto custo de logística reversa desse material. Serão construídos centros de recebimento, triagem e beneficiamento do vidro para que, ao final do processo, o resíduo seja reincorporado na cadeia vidreira, aumentando o percentual de conteúdo reciclado nas garrafas do grupo. Trata-se de um sistema fechado que garante a logística reversa e uma melhor remuneração para todos os elos dessa cadeia, incluindo os catadores de recicláveis, atores essenciais nesse processo.

Marcas de impacto: esse pilar reflete a ambição de aproximar e materializar a agenda socioambiental para os consumidores. Junto com a Better Drinks e a Escola de Negócios das Favelas da CUFA, Spin propõe um modelo inédito de sociedade com pequenos e médios empreendedores em que o aporte financeiro tradicional é substituído pelo compartilhamento do que cada empresa tem de melhor. Do lado da cervejaria, por exemplo, estão o acesso à matéria-prima, à linha de produção e a um eficiente sistema de distribuição. Do lado dos parceiros, o desenvolvimento de marcas que carregam propósito e inovação na essência. Além de aprendizado mútuo, a parceria aumentará a capilaridade de mercado das marcas e os resultados serão revertidos entre as empresas.

Transição energética: além de produzir cerveja com energia de fontes renováveis, o Grupo HEINEKEN já possui uma das maiores plataformas de energia renovável do país, a Heineken® Energia Verde, resultado da parceria com as distribuidoras Raízen e Ultragaz que, a partir de agora, também se integram à Spin. Sob o mesmo ecossistema, será possível ampliar o alcance do programa e de seus benefícios, como facilitação do acesso à energia limpa e redução do valor da conta de luz, para bares, restaurantes e consumidores.

“Foram anos de estudos e conversas para chegarmos ao ecossistema Spin, que hoje traduz nosso desejo de garantir que crescimento e impacto positivo caminhem juntos. Com os primeiros aprendizados e resultados desse ecossistema, esperamos que novas empresas, ligadas direta ou indiretamente ao setor, possam se juntar a nós para inspirar soluções que sejam boas para os negócios e, principalmente, melhores para o mundo”, completa Mauro Homem, vice-presidente de Sustentabilidade e Assuntos Corporativos do Grupo HEINEKEN.

Sobre o Grupo HEINEKEN

Grupo HEINEKEN chegou ao Brasil em maio de 2010, após a aquisição da divisão de cerveja do Grupo FEMSA e, em 2017, adquiriu a Brasil Kirin Holding S.A (“Brasil Kirin”), tornando-se o segundo player no mercado brasileiro de cervejas. O Grupo gera mais de 13 mil empregos e tem 14 unidades produtivas no país, sendo 12 cervejarias e duas microcervejarias. A companhia também já iniciou a obra da sua 15ª cervejaria em Passos (MG). No Brasil, o portfólio de bebidas do Grupo HEINEKEN é composto por Heineken®, Eisenbahn, Eisenbahn Unfiltered, Sol, Baden Baden, Blue Moon, Lagunitas, Amstel, Amstel Ultra, Devassa, Devassa Tropicaê, Tiger, Bavaria, Glacial, Kaiser, No Grau, Schin e Amstel Vibes. O portfólio de não alcoólicos inclui Heineken® 0.0CLASH’D, FYS, Itubaína, Viva Schin, Skinka e Água Schin. Com sede em São Paulo, a companhia é uma subsidiária da HEINEKEN NV, maior cervejaria da Europa.

Para obter mais informações, acesse www.heinekenbrasil.com.br e siga-nos no Instagram e LinkedIn.

Sobre admin

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*